expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Família Missionária em Cape Town - África do Sul, Abril de 2013


Abril de 2013

Cape Town, África do Sul

Olá Queridos!
Cremos que esta carta está sendo esperada por várias pessoas. Você que tem estado conosco nesta caminhada missionária, deve estar querendo saber noticias de como as coisas andam e como nós estamos. Bem, chegamos a Cape Town – África do Sul! Aleluia!
Como alguns sabem, muitas foram às lutas para chegar até aqui. Situações adversas aconteceram para tentar impedir nossa viagem. Mas, Deus que é o Dono das nossas vidas, havia traçado um projeto e nada pôde impedi-Lo de realizá-lo. Dele somos e por Ele vivemos.
Problemas com visto, recursos financeiros faltando, enfermidades, entre outras lutas. Talvez a pior das situações, foi a noticia de que Danilo Miguel ficaria internado de 7 a 10 dias. Estava com suspeita de meningite. Isto faltando três dias para nossa viagem.
Ele passou muito mal no dia 05 de abril (sexta Feira). Teve febre alta e vomitou muito. Ao chegarmos ao hospital, em Contagem – MG, por volta das 21h, fomos diretamente encaminhados para uma sala de isolamento. Depois de alguns minutos ele foi transferido para outro hospital, em Belo Horizonte – MG. Ficamos tristes em vê-lo naquela situação. Foi difícil, mas sabíamos que Deus estava no controle. Durante a madrugada entramos em contato com alguns intercessores para pedir oração.
Foram feitos todos os exames possíveis nele. Nada era encontrado, mas houve uma pequena alteração no sangue. Então foi realmente necessário recolher um líquido da medula óssea do nosso pequenino. Segundo a médica que o atendeu, mesmo que não fosse constatada nenhuma doença, ele deveria ficar 48 horas no hospital. A partir desta informação, por volta das 14h, do dia 06 (sábado), resolveram que iriam novamente transferi-lo para outro hospital especializado. Mas neste momento, nós cremos que, pelo poder da oração, Deus bradou dos céus e disse: NÃO! BASTA!
Após terem pegado toda nossa documentação para transferi-lo novamente, a chefe da enfermaria chegou naquela sala solitária e disse: “Mãe, a médica acabou de ligar dizendo que está descendo com o resultado do exame de seu filhinho. Ela disse pra você ficar despreocupada, pois ele não tem nada. Vocês dois já podem sair do isolamento”.
Queridos, neste momento, eu estava com ele em meus braços e o primeiro lugar que achei pra sentar era aquele banquinho de subir no leito. Ali mesmo eu desabei e comecei a glorificar a Deus e chorar. Era mais uma vitória contra os ataques do inimigo. A médica logo desceu e disse que ele estava de alta, que ele tinha tido uma virose. Pedi para chamar o Daniel, que neste momento estava na sala de espera do hospital. Ficamos parados sem entender aquela situação. Pois de repente, de 10 dias ou 48 horas, ele foi liberado em menos de 24 horas. Não precisou ser transferido para nenhum outro hospital, o Deus Eterno o transferiu pra casa! Foi à mão de Deus! Foram “as orações dos justos que podem muito em seus efeitos”.
Nossa família ficou ali o tempo todo nos apoiando. Amigos foram nos visitar naquele sábado e, com fé que tudo estava bem, no domingo saímos de Minas Gerais e fomos pra São Paulo, com Danilinho Miguel. Chegamos ao Vale da Bênção à tarde, e a noite, fomos para um culto missionário onde houve uma despedida para nós.
Dia 09 (terça-feira) fomos para Guarulhos. Nosso voo atrasou uma hora e meia e ficou corrido, mas deu tudo certo. Aleluia! Chegamos no dia 10 de abril (quarta-feira) em Cape Town, às 19 horas (horário local). Estamos 05 horas à frente do Brasil.
Danilo Miguel veio muito tranquilamente. Dentro do avião as comissárias mexiam com ele, conversando em inglês. Ele respondia com um sorrisão, mostrando os quatro dentinhos que já nasceram. Uma graça!
Fomos recebidos com muita alegria no aeroporto pela missionária Ângela e seu esposo Roberto e pela diretora da escola que estamos estudando o inglês, Sam Daries. Faz toda diferença a maneira com que somos recebidos em outro país. Oramos a Deus para que outros missionários sejam tão abençoados quanto nós fomos ao chegarmos aqui na África do Sul. Glória a Deus!
Eles nos levaram para o apartamento onde estamos morando e ficamos surpresos com tanto capricho. Tudo lindo, organizado e para glória de Deus, mobiliado e perto da escola. A Sam trouxe um berço para o Danilo Miguel.  Eles nos levaram a um supermercado bem pertinho, onde fizeram uma compra de tudo o que precisávamos de imediato. Olha que bênção! No outro dia após descansarmos, a missionária Ângela nos levou para almoçarmos juntos com a Sam. Passamos o dia com elas.
No domingo, fomos a uma igreja onde tem tradução simultânea do português para o inglês. Foi maravilhoso ver o coral Sul-africano cantando e dançando.
Bem, estamos organizando nossa vida. Danilo Miguel ainda quer brincar de madrugada, pois o fuso horário tem o afetado um pouco. Também o ar condicionado do avião não fez bem a ele. Orem pra que ele fique completamente curado do resfriado.
Estamos na segunda semana de aula. Os professores só falam inglês e nós vamos aprendendo muito com isto. Outra bênção... Deus enviou uma irmã, chamada Sara, da igreja em que estamos frequentando, para ajudar com o Danilo Miguel, enquanto estamos em aula. No intervalo eu vou amamentá-lo, pois a Sam, diretora, preparou uma sala especial, na própria escola, com um grande sofá e brinquedos, onde ele fica com a Sara. Os professores e alunos vão lá pra vê-lo e brincar com ele. Está sendo a atração da escola. Muito amado, graças a Deus.
Daniel já iniciou um trabalho evangelístico voluntário. Nas quintas ele vai com um grupo para uma escola e na sexta para uma creche. São crianças mulçumanas, muito pobres, que estão ouvindo a Palavra de Deus. Por enquanto, ele já conseguiu se comunicar com um menino chamado Jonatan, de 09 anos. Apresentou Jesus a ele e o Jonatan disse: “Yes, I accept Jesus! I want him to come live in my heart”. (Sim, eu aceito a Jesus! Quero que Ele venha morar em meu coração).  
Estamos na cidade em que há o maior número de mulçumanos da África do Sul. Nosso bairro é considerado “bairro de mulçumanos”. Cremos que Deus está confirmando nossos passos para a Albânia, pois 83% da população Albanesa é islâmica. Convivemos com eles o dia inteiro. Mulheres com burcas, crianças e homens vestidos a caráter.  
Queridos, outra coisa é que não imaginávamos que no continente Africano existia um lugar tão frio como aqui. Uau! É frio demais! O vento parece que nos empurra. Até no sol faz frio... Ah! E o feijão é doce! Mas é gostoso. Hehehe. A direção dos veículos fica do lado direito, contrario do Brasil. Com isso, ao atravessarmos as ruas, a gente nunca sabe “de onde o carro vem, nem para onde o carro vai”.
Existem vários outros missionários na mesma situação em que estamos. Aprendendo o inglês para servirem a Deus em outros países. Nesta semana foi a despedida de uma missionária com sua filhinha de nove anos, que irão pra Turquia. É muito bom ver que, ao nosso redor, tem outras pessoas obedecendo a Deus, deixando seu país, família e amigos para levar o Evangelho de Jesus a outras nações.
Queremos agradecê-lo por estar orando por nós. Obrigado a você que tem participado conosco desta missão, contribuindo financeiramente com alegria e disposição no coração e intercedendo. Você está segurando as cordas para que nós possamos levar Jesus para povos necessitados da Graça.
LOUVE A DEUS CONOSCO
·      Pelo livramento que o Danilo Miguel recebeu nestes últimos dias;
·      Por nossa família e pelos amigos que sempre tem nos ajudado no que precisamos;
·      Pela Missão Antioquia que tem sido muito cuidadosa conosco;
·      Pela Missionária Dirce, Eliane, Presbítero Chambal e Luizinho que foram ao Aeroporto em SP, despedir de nós;
·      Pelos nossos mantenedores e intercessores;
·      Pelas igrejas e pastores no Brasil que tem nos apoiado;
·      Pela nossa escola, pela diretora Sam e sua família;
·      Pela Missionária Ângela e seu esposo Roberto.
INTERCEDA
·      Para que Deus nos guarde e nos livre de enfermidades e de qualquer outro mal. Orem pela adaptação do Danilo Miguel ao clima. Temos tido que fazer inalação em casa;
·      Pelo nosso aprendizado do inglês;
·      Para que Deus levante os recursos financeiros que ainda faltam para nosso sustento. Viemos com os valores incompletos. Mas às vezes é necessário colocar o pé na água para ver o milagre acontecer.

Um abraço da Família Missionária,
Daniel, Shirley e Danilo Miguel
(Carta escrita pela Shirley)


Abril de 2013

Cape Town, África do Sul

Olá Queridos!
Cremos que esta carta está sendo esperada por várias pessoas. Você que tem estado conosco nesta caminhada missionária, deve estar querendo saber noticias de como as coisas andam e como nós estamos. Bem, chegamos a Cape Town – África do Sul! Aleluia!
Como alguns sabem, muitas foram às lutas para chegar até aqui. Situações adversas aconteceram para tentar impedir nossa viagem. Mas, Deus que é o Dono das nossas vidas, havia traçado um projeto e nada pôde impedi-Lo de realizá-lo. Dele somos e por Ele vivemos.
Problemas com visto, recursos financeiros faltando, enfermidades, entre outras lutas. Talvez a pior das situações, foi a noticia de que Danilo Miguel ficaria internado de 7 a 10 dias. Estava com suspeita de meningite. Isto faltando três dias para nossa viagem.
Ele passou muito mal no dia 05 de abril (sexta Feira). Teve febre alta e vomitou muito. Ao chegarmos ao hospital, em Contagem – MG, por volta das 21h, fomos diretamente encaminhados para uma sala de isolamento. Depois de alguns minutos ele foi transferido para outro hospital, em Belo Horizonte – MG. Ficamos tristes em vê-lo naquela situação. Foi difícil, mas sabíamos que Deus estava no controle. Durante a madrugada entramos em contato com alguns intercessores para pedir oração.
Foram feitos todos os exames possíveis nele. Nada era encontrado, mas houve uma pequena alteração no sangue. Então foi realmente necessário recolher um líquido da medula óssea do nosso pequenino. Segundo a médica que o atendeu, mesmo que não fosse constatada nenhuma doença, ele deveria ficar 48 horas no hospital. A partir desta informação, por volta das 14h, do dia 06 (sábado), resolveram que iriam novamente transferi-lo para outro hospital especializado. Mas neste momento, nós cremos que, pelo poder da oração, Deus bradou dos céus e disse: NÃO! BASTA!
Após terem pegado toda nossa documentação para transferi-lo novamente, a chefe da enfermaria chegou naquela sala solitária e disse: “Mãe, a médica acabou de ligar dizendo que está descendo com o resultado do exame de seu filhinho. Ela disse pra você ficar despreocupada, pois ele não tem nada. Vocês dois já podem sair do isolamento”.
Queridos, neste momento, eu estava com ele em meus braços e o primeiro lugar que achei pra sentar era aquele banquinho de subir no leito. Ali mesmo eu desabei e comecei a glorificar a Deus e chorar. Era mais uma vitória contra os ataques do inimigo. A médica logo desceu e disse que ele estava de alta, que ele tinha tido uma virose. Pedi para chamar o Daniel, que neste momento estava na sala de espera do hospital. Ficamos parados sem entender aquela situação. Pois de repente, de 10 dias ou 48 horas, ele foi liberado em menos de 24 horas. Não precisou ser transferido para nenhum outro hospital, o Deus Eterno o transferiu pra casa! Foi à mão de Deus! Foram “as orações dos justos que podem muito em seus efeitos”.
Nossa família ficou ali o tempo todo nos apoiando. Amigos foram nos visitar naquele sábado e, com fé que tudo estava bem, no domingo saímos de Minas Gerais e fomos pra São Paulo, com Danilinho Miguel. Chegamos ao Vale da Bênção à tarde, e a noite, fomos para um culto missionário onde houve uma despedida para nós.
Dia 09 (terça-feira) fomos para Guarulhos. Nosso voo atrasou uma hora e meia e ficou corrido, mas deu tudo certo. Aleluia! Chegamos no dia 10 de abril (quarta-feira) em Cape Town, às 19 horas (horário local). Estamos 05 horas à frente do Brasil.
Danilo Miguel veio muito tranquilamente. Dentro do avião as comissárias mexiam com ele, conversando em inglês. Ele respondia com um sorrisão, mostrando os quatro dentinhos que já nasceram. Uma graça!
Fomos recebidos com muita alegria no aeroporto pela missionária Ângela e seu esposo Roberto e pela diretora da escola que estamos estudando o inglês, Sam Daries. Faz toda diferença a maneira com que somos recebidos em outro país. Oramos a Deus para que outros missionários sejam tão abençoados quanto nós fomos ao chegarmos aqui na África do Sul. Glória a Deus!
Eles nos levaram para o apartamento onde estamos morando e ficamos surpresos com tanto capricho. Tudo lindo, organizado e para glória de Deus, mobiliado e perto da escola. A Sam trouxe um berço para o Danilo Miguel.  Eles nos levaram a um supermercado bem pertinho, onde fizeram uma compra de tudo o que precisávamos de imediato. Olha que bênção! No outro dia após descansarmos, a missionária Ângela nos levou para almoçarmos juntos com a Sam. Passamos o dia com elas.
No domingo, fomos a uma igreja onde tem tradução simultânea do português para o inglês. Foi maravilhoso ver o coral Sul-africano cantando e dançando.
Bem, estamos organizando nossa vida. Danilo Miguel ainda quer brincar de madrugada, pois o fuso horário tem o afetado um pouco. Também o ar condicionado do avião não fez bem a ele. Orem pra que ele fique completamente curado do resfriado.
Estamos na segunda semana de aula. Os professores só falam inglês e nós vamos aprendendo muito com isto. Outra bênção... Deus enviou uma irmã, chamada Sara, da igreja em que estamos frequentando, para ajudar com o Danilo Miguel, enquanto estamos em aula. No intervalo eu vou amamentá-lo, pois a Sam, diretora, preparou uma sala especial, na própria escola, com um grande sofá e brinquedos, onde ele fica com a Sara. Os professores e alunos vão lá pra vê-lo e brincar com ele. Está sendo a atração da escola. Muito amado, graças a Deus.
Daniel já iniciou um trabalho evangelístico voluntário. Nas quintas ele vai com um grupo para uma escola e na sexta para uma creche. São crianças mulçumanas, muito pobres, que estão ouvindo a Palavra de Deus. Por enquanto, ele já conseguiu se comunicar com um menino chamado Jonatan, de 09 anos. Apresentou Jesus a ele e o Jonatan disse: “Yes, I accept Jesus! I want him to come live in my heart”. (Sim, eu aceito a Jesus! Quero que Ele venha morar em meu coração).  
Estamos na cidade em que há o maior número de mulçumanos da África do Sul. Nosso bairro é considerado “bairro de mulçumanos”. Cremos que Deus está confirmando nossos passos para a Albânia, pois 83% da população Albanesa é islâmica. Convivemos com eles o dia inteiro. Mulheres com burcas, crianças e homens vestidos a caráter.  
Queridos, outra coisa é que não imaginávamos que no continente Africano existia um lugar tão frio como aqui. Uau! É frio demais! O vento parece que nos empurra. Até no sol faz frio... Ah! E o feijão é doce! Mas é gostoso. Hehehe. A direção dos veículos fica do lado direito, contrario do Brasil. Com isso, ao atravessarmos as ruas, a gente nunca sabe “de onde o carro vem, nem para onde o carro vai”.
Existem vários outros missionários na mesma situação em que estamos. Aprendendo o inglês para servirem a Deus em outros países. Nesta semana foi a despedida de uma missionária com sua filhinha de nove anos, que irão pra Turquia. É muito bom ver que, ao nosso redor, tem outras pessoas obedecendo a Deus, deixando seu país, família e amigos para levar o Evangelho de Jesus a outras nações.
Queremos agradecê-lo por estar orando por nós. Obrigado a você que tem participado conosco desta missão, contribuindo financeiramente com alegria e disposição no coração e intercedendo. Você está segurando as cordas para que nós possamos levar Jesus para povos necessitados da Graça.
LOUVE A DEUS CONOSCO
·      Pelo livramento que o Danilo Miguel recebeu nestes últimos dias;
·      Por nossa família e pelos amigos que sempre tem nos ajudado no que precisamos;
·      Pela Missão Antioquia que tem sido muito cuidadosa conosco;
·      Pela Missionária Dirce, Eliane, Presbítero Chambal e Luizinho que foram ao Aeroporto em SP, despedir de nós;
·      Pelos nossos mantenedores e intercessores;
·      Pelas igrejas e pastores no Brasil que tem nos apoiado;
·      Pela nossa escola, pela diretora Sam e sua família;
·      Pela Missionária Ângela e seu esposo Roberto.
INTERCEDA
·      Para que Deus nos guarde e nos livre de enfermidades e de qualquer outro mal. Orem pela adaptação do Danilo Miguel ao clima. Temos tido que fazer inalação em casa;
·      Pelo nosso aprendizado do inglês;
·      Para que Deus levante os recursos financeiros que ainda faltam para nosso sustento. Viemos com os valores incompletos. Mas às vezes é necessário colocar o pé na água para ver o milagre acontecer.

Um abraço da Família Missionária,
Daniel, Shirley e Danilo Miguel
(Carta escrita pela Shirley)


Abril de 2013

Cape Town, África do Sul

Olá Queridos!
Cremos que esta carta está sendo esperada por várias pessoas. Você que tem estado conosco nesta caminhada missionária, deve estar querendo saber noticias de como as coisas andam e como nós estamos. Bem, chegamos a Cape Town – África do Sul! Aleluia!
Como alguns sabem, muitas foram às lutas para chegar até aqui. Situações adversas aconteceram para tentar impedir nossa viagem. Mas, Deus que é o Dono das nossas vidas, havia traçado um projeto e nada pôde impedi-Lo de realizá-lo. Dele somos e por Ele vivemos.
Problemas com visto, recursos financeiros faltando, enfermidades, entre outras lutas. Talvez a pior das situações, foi a noticia de que Danilo Miguel ficaria internado de 7 a 10 dias. Estava com suspeita de meningite. Isto faltando três dias para nossa viagem.
Ele passou muito mal no dia 05 de abril (sexta Feira). Teve febre alta e vomitou muito. Ao chegarmos ao hospital, em Contagem – MG, por volta das 21h, fomos diretamente encaminhados para uma sala de isolamento. Depois de alguns minutos ele foi transferido para outro hospital, em Belo Horizonte – MG. Ficamos tristes em vê-lo naquela situação. Foi difícil, mas sabíamos que Deus estava no controle. Durante a madrugada entramos em contato com alguns intercessores para pedir oração.
Foram feitos todos os exames possíveis nele. Nada era encontrado, mas houve uma pequena alteração no sangue. Então foi realmente necessário recolher um líquido da medula óssea do nosso pequenino. Segundo a médica que o atendeu, mesmo que não fosse constatada nenhuma doença, ele deveria ficar 48 horas no hospital. A partir desta informação, por volta das 14h, do dia 06 (sábado), resolveram que iriam novamente transferi-lo para outro hospital especializado. Mas neste momento, nós cremos que, pelo poder da oração, Deus bradou dos céus e disse: NÃO! BASTA!
Após terem pegado toda nossa documentação para transferi-lo novamente, a chefe da enfermaria chegou naquela sala solitária e disse: “Mãe, a médica acabou de ligar dizendo que está descendo com o resultado do exame de seu filhinho. Ela disse pra você ficar despreocupada, pois ele não tem nada. Vocês dois já podem sair do isolamento”.
Queridos, neste momento, eu estava com ele em meus braços e o primeiro lugar que achei pra sentar era aquele banquinho de subir no leito. Ali mesmo eu desabei e comecei a glorificar a Deus e chorar. Era mais uma vitória contra os ataques do inimigo. A médica logo desceu e disse que ele estava de alta, que ele tinha tido uma virose. Pedi para chamar o Daniel, que neste momento estava na sala de espera do hospital. Ficamos parados sem entender aquela situação. Pois de repente, de 10 dias ou 48 horas, ele foi liberado em menos de 24 horas. Não precisou ser transferido para nenhum outro hospital, o Deus Eterno o transferiu pra casa! Foi à mão de Deus! Foram “as orações dos justos que podem muito em seus efeitos”.
Nossa família ficou ali o tempo todo nos apoiando. Amigos foram nos visitar naquele sábado e, com fé que tudo estava bem, no domingo saímos de Minas Gerais e fomos pra São Paulo, com Danilinho Miguel. Chegamos ao Vale da Bênção à tarde, e a noite, fomos para um culto missionário onde houve uma despedida para nós.
Dia 09 (terça-feira) fomos para Guarulhos. Nosso voo atrasou uma hora e meia e ficou corrido, mas deu tudo certo. Aleluia! Chegamos no dia 10 de abril (quarta-feira) em Cape Town, às 19 horas (horário local). Estamos 05 horas à frente do Brasil.
Danilo Miguel veio muito tranquilamente. Dentro do avião as comissárias mexiam com ele, conversando em inglês. Ele respondia com um sorrisão, mostrando os quatro dentinhos que já nasceram. Uma graça!
Fomos recebidos com muita alegria no aeroporto pela missionária Ângela e seu esposo Roberto e pela diretora da escola que estamos estudando o inglês, Sam Daries. Faz toda diferença a maneira com que somos recebidos em outro país. Oramos a Deus para que outros missionários sejam tão abençoados quanto nós fomos ao chegarmos aqui na África do Sul. Glória a Deus!
Eles nos levaram para o apartamento onde estamos morando e ficamos surpresos com tanto capricho. Tudo lindo, organizado e para glória de Deus, mobiliado e perto da escola. A Sam trouxe um berço para o Danilo Miguel.  Eles nos levaram a um supermercado bem pertinho, onde fizeram uma compra de tudo o que precisávamos de imediato. Olha que bênção! No outro dia após descansarmos, a missionária Ângela nos levou para almoçarmos juntos com a Sam. Passamos o dia com elas.
No domingo, fomos a uma igreja onde tem tradução simultânea do português para o inglês. Foi maravilhoso ver o coral Sul-africano cantando e dançando.
Bem, estamos organizando nossa vida. Danilo Miguel ainda quer brincar de madrugada, pois o fuso horário tem o afetado um pouco. Também o ar condicionado do avião não fez bem a ele. Orem pra que ele fique completamente curado do resfriado.
Estamos na segunda semana de aula. Os professores só falam inglês e nós vamos aprendendo muito com isto. Outra bênção... Deus enviou uma irmã, chamada Sara, da igreja em que estamos frequentando, para ajudar com o Danilo Miguel, enquanto estamos em aula. No intervalo eu vou amamentá-lo, pois a Sam, diretora, preparou uma sala especial, na própria escola, com um grande sofá e brinquedos, onde ele fica com a Sara. Os professores e alunos vão lá pra vê-lo e brincar com ele. Está sendo a atração da escola. Muito amado, graças a Deus.
Daniel já iniciou um trabalho evangelístico voluntário. Nas quintas ele vai com um grupo para uma escola e na sexta para uma creche. São crianças mulçumanas, muito pobres, que estão ouvindo a Palavra de Deus. Por enquanto, ele já conseguiu se comunicar com um menino chamado Jonatan, de 09 anos. Apresentou Jesus a ele e o Jonatan disse: “Yes, I accept Jesus! I want him to come live in my heart”. (Sim, eu aceito a Jesus! Quero que Ele venha morar em meu coração).  
Estamos na cidade em que há o maior número de mulçumanos da África do Sul. Nosso bairro é considerado “bairro de mulçumanos”. Cremos que Deus está confirmando nossos passos para a Albânia, pois 83% da população Albanesa é islâmica. Convivemos com eles o dia inteiro. Mulheres com burcas, crianças e homens vestidos a caráter.  
Queridos, outra coisa é que não imaginávamos que no continente Africano existia um lugar tão frio como aqui. Uau! É frio demais! O vento parece que nos empurra. Até no sol faz frio... Ah! E o feijão é doce! Mas é gostoso. Hehehe. A direção dos veículos fica do lado direito, contrario do Brasil. Com isso, ao atravessarmos as ruas, a gente nunca sabe “de onde o carro vem, nem para onde o carro vai”.
Existem vários outros missionários na mesma situação em que estamos. Aprendendo o inglês para servirem a Deus em outros países. Nesta semana foi a despedida de uma missionária com sua filhinha de nove anos, que irão pra Turquia. É muito bom ver que, ao nosso redor, tem outras pessoas obedecendo a Deus, deixando seu país, família e amigos para levar o Evangelho de Jesus a outras nações.
Queremos agradecê-lo por estar orando por nós. Obrigado a você que tem participado conosco desta missão, contribuindo financeiramente com alegria e disposição no coração e intercedendo. Você está segurando as cordas para que nós possamos levar Jesus para povos necessitados da Graça.
LOUVE A DEUS CONOSCO
·      Pelo livramento que o Danilo Miguel recebeu nestes últimos dias;
·      Por nossa família e pelos amigos que sempre tem nos ajudado no que precisamos;
·      Pela Missão Antioquia que tem sido muito cuidadosa conosco;
·      Pela Missionária Dirce, Eliane, Presbítero Chambal e Luizinho que foram ao Aeroporto em SP, despedir de nós;
·      Pelos nossos mantenedores e intercessores;
·      Pelas igrejas e pastores no Brasil que tem nos apoiado;
·      Pela nossa escola, pela diretora Sam e sua família;
·      Pela Missionária Ângela e seu esposo Roberto.
INTERCEDA
·      Para que Deus nos guarde e nos livre de enfermidades e de qualquer outro mal. Orem pela adaptação do Danilo Miguel ao clima. Temos tido que fazer inalação em casa;
·      Pelo nosso aprendizado do inglês;
·      Para que Deus levante os recursos financeiros que ainda faltam para nosso sustento. Viemos com os valores incompletos. Mas às vezes é necessário colocar o pé na água para ver o milagre acontecer.

Um abraço da Família Missionária,
Daniel, Shirley e Danilo Miguel
(Carta escrita pela Shirley)