Cape Town, Setembro de 2013

Olá Queridos,

Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Salmo 121.

Todos nós passamos por momentos difíceis que tentam tirar nossa paz. Situações que nos levam a buscar por socorro. Algumas pessoas quase sempre não o encontram, pois o socorro eficaz está somente em Deus. Mas existem razões para crer que Deus nos socorrerá? Sim. O socorro de Deus é certo. Deus é soberano sobre todas as coisas. Ele está alerta ao que acontece em nossa vida. Deus está próximo de nós. Nos conduz em todos os momentos. O cuidado Dele é em todos os lugares e momentos na vida daqueles que O buscam.

A Shirley necessitou ir ao médico, mais uma vez, pois havia uma íngua em sua nuca e aqui esse caroço aumentou. Para honra e glória do Senhor Jesus, as palavras do médico foram: Isto não é um câncer! Ele explicou o que era e tivemos uma ótima conversa dentro do consultório. A Missionária Ângela foi conosco para ajudar na tradução, mas ficamos felizes, pois, mesmo não falando bem o inglês, conseguimos nos comunicar com ele. Saímos de lá louvando a Deus e pensando no porque dessas notícias. Por duas vezes recebemos diagnósticos de algo grave na Shirley e que ela teria que operar. Bom, uma coisa é certa: “O nosso socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra”. E pela graça de Deus, ela está ótima.


Nas terças-feiras, a Shirley tem ido a uma escola, com uma missionária da Malásia, em um bairro carente daqui de Cape Town, chamado Malsenberg. Elas fazem trabalhos manuais. Nesta escola 50% dos alunos são muçulmanos. Portanto, falar de Jesus para as crianças precisa ser bem baixinho e pessoalmente. Elas só podem entrar com o carro da igreja, nesta comunidade. É um lugar onde há gangues perigosas. Grupos de jovens e adolescentes ficam nas ruas fumando cachimbos enormes de crack.

Certo dia, quando elas entraram na sala para fazerem o trabalho de artes com as crianças, chegou uma mãe muçulmana correndo, e pediu para pegar um menino, pois estava havendo um tiroteio e duas pessoas da família daquela criança haviam sido assassinadas. As pernas da Shirley tremeram e ela pensou: será que também teremos que correr daqui? Mas a missionária e a líder do projeto ficaram firmes e a Shirley sentiu-se encorajada. Deus as guardou e nada aconteceu de mal com elas.



A violência tem causado muitas mortes e alguns pais não estão levando os filhos à escola. Nessas últimas semanas, elas estão trabalhando com policiais dentro e ao redor da escola. Pois além das mortes, houve estupros de alunos. É chocante. Outro dia elas e os alunos precisaram ir embora da escola. A direção achou melhor mandar todos pra casa, pois as gangues estavam em tiroteio. Foi também tenso este momento. Entretanto, outra porta se abriu. A Diretora pediu para eu e outro missionário brasileiro, começarmos aulas de futebol com os alunos. Pelo fato de sermos brasileiros a noticia virou sucesso. Na semana passada quando a Shirley chegou à escola, os alunos vieram até ela para confirmar se ela era realmente brasileira e se era do país do jogador de futebol Neymar. Quando ela disse quem sim, os meninos saíram gritando para os outros: “Is true, is true, is true” (é verdade, é verdade).



Eu continuo os trabalhos na creche e na escola no bairro Porto Elizabeth. Na escola a policia também precisa permanecer durante as aulas. Temos permissão de entrar nestas escolas, pelo fato da Igreja ajudar na manutenção dos prédios. Mas os professores e a diretora são muçulmanos. Outro dia uma professora buscou aos gritos duas alunas, enquanto estávamos ministrando sobre Jesus (Nesta escola podemos falar livremente de Jesus). Aquela senhora é uma professora muçulmana e as duas alunas também eram, portanto a professora proibiu elas de participar das nossas aulas. Orem por estes trabalhos, pois estas crianças vivem num contexto de muita violência e necessitam da alegria de Cristo.

Bom, o Danilinho Miguel está a cada dia mais lindo e abençoado. Até acho que ele está aprendendo o inglês mais rápido que nós, porém, ainda não entendemos nada do que ele fala. rsrsrs


Orem conosco
·         Pelo aprendizado eficiente do inglês.
·         Por proteção nos trabalhos nas escolas.
·         Por sabedoria na comunicação com as pessoas, principalmente as crianças e os jovens.
·         Pelas aulas de futebol.
·         Por mais mantenedores, pois estamos precisando aumentar nosso sustento.

Estamos felizes por poder compartilhar essas noticias com vocês. Obrigado por estarem orando por nós e pelo suporte financeiro.

Com amor,
Daniel, Shirley e Danilo Miguel Porto